top of page
barra SOMBREADA.png
barra SOMBREADA.png

  O POVO TEM VOZ! 

CANDEIAS%20FALA!_edited.png
BNR-728x90-ANIV-CAMACARI---02.gif

Justiça determina bloqueio de valor milionário em contas do cantor Thiago Aquino

Após romper com seu antigo empresário, Paulo Henrique Luparelli, a justiça determinou que as contas do cantor Thiago Aquino e do seu sócio, Igor Almeida, sejam bloqueadas. A decisão do desembargador Josevando Souza Andrade, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), determina que sejam bloqueados preventivamente R$ 3 milhões, referentes à 30% do valor da multa contratual entre Aquino e o ex- empresário.


Contrariando o entendimento da primeira decisão, o desembargador concluiu que Aquino e o seu sócio violaram a cláusula contratual, ao não promoverem o pagamento dos serviços prestados por Paulo Henrique na época devida, bem como, identificou que o contrato foi rompido antes do tempo previsto.

Com previsão de 41 shows no mês de junho, o desembargador determinou também que Thiago Aquino e seu sócio levem ao processo cópias dos contratos firmados para realização dos shows.


O outro lado


O escritório responsável pela gestão da carreira do cantor Thiago Aquino, a Loja Promoções & Eventos, emitiu nota esclarecendo que o cantor cobra na justiça multa de R$20 milhões do ex-empresário Paulo Henrique Luparelli.

Segundo a nota, "somente, recentemente, a Justiça tomou conhecimento da verdade dos fatos, através da defesa do cantor, na qual se cobra do citado empresário e policial militar a multa de R$20.000.000,00 (vinte milhões de reais), em virtude de quebra contratual, além de valores que teriam sido apropriados indevidamente por este.”.

Ainda segundo o documento, "Thiago Aquino e o seu empresário Igor Almeida entendem que o fato será tratado de forma legítima e honrada por todos, já estando no foro para este debate a Justiça e as entidades competentes".


Fonte; Bnews

CLIMA EM CANDEIAS 

PARCEIRO CANDEIAS FALA

CANDEIAS FALA!  NO FACEBOOK

PARCEIRO CANDEIAS FALA

bottom of page