top of page
barra SOMBREADA.png
barra SOMBREADA.png

  O POVO TEM VOZ! 

CANDEIAS%20FALA!_edited.png
BNR-728x90-ANIV-CAMACARI---02.gif

Candeias: Sindicato dos Servidores públicos diz que prefeito se nega a pagar precatórios da educação

Governo da Bahia paga precatórios aos profissionais da educação; Em Candeias prefeito se nega a pagar direito adquirido dos profissionais diz Sindicato

No último dia 21, a Assembleia Legislativa da Bahia aprovou o Projeto de Lei 24.636/2022, que estabelece o pagamento de 80% dos precatórios do Fundef destinado aos professores da rede estadual que trabalharam entre 1998 e 2006. O valor para pagamento é em torno de R$ 1,165 bilhão.

Neste contexto, o Sindicato dos Servidores do Município de Candeias (SISEMC), e a Associação dos Profissionais em Educação de Candeias (Aspecan) convocam a categoria a fazer mobilizações de protesto, como, por exemplo, na frente da Prefeitura. Pois até o momento o prefeito de Candeias, Dr. Pitágoras, nega o pagamento dos precatórios dos professores da rede municipal de educação de Candeias. “É inadmissível esse descaso do prefeito Pitágoras com um direito adquirido dos professores de Candeias”, diz o dirigente sindical.

Juscelino Santos afirma que o prefeito age de forma contraditória e engana os professores, pois o plano de ação com os critérios do rateio foi construído numa comissão com representantes do Executivo, Legislativo, SISEMC e ASPECAN. E agora Dr. Pitágoras não se prontifica a fazer o pagamento com o rateio entre os professores.

No último dia 19, representantes do SISEMC e da ASPECAM tiveram uma reunião com o advogado Joel Câmara. Na ocasião, ele informou que caso o gestor municipal tenha interesse em fazer o rateio deverá suspender a ação judicial.

Fonte: Sindicato dos Servidores do Município de Candeias (SISEMC)


CLIMA EM CANDEIAS 

PARCEIRO CANDEIAS FALA

CANDEIAS FALA!  NO FACEBOOK

PARCEIRO CANDEIAS FALA

bottom of page